PEQUENAS ATITUDES QUE PROMOVEM O #GIRLPOWER

 

Você sabe o que é sororidade?
S-O-R-O-R-I-D-A-D-E. Uma palavra que está a cada dia mais presente nas conversas, nas notícias e nas discussões atuais. O assunto do empoderamento feminino ganha cada vez mais importância e sororidade tem tudo a ver com ele! Você já parou pra pensar no significado dessa palavra e por que ela é tão importante? Procuramos pela internet e encontramos a seguinte definição:

Relação de união, de afeição ou de amizade entre mulheres, semelhante à que idealmente haveria entre irmãs.

A palavra sororidade vem do latim soror, que significa irmãs, e faz alusão à irmandade, união e empatia entre mulheres. Esses conceitos são muito importantes, porque quando as mulheres se unem, sua força se multiplica e, juntas, podem enfrentar os obstáculos do caminho e se desenvolver ainda mais. Nossa sociedade tende a incentivar uma cultura de competitividade entre as mulheres, que acaba dissolvendo essa força da união feminina e, em vez de se ajudar, as mulheres acabam prejudicando mutuamente. Mas a gente acredita que podemos mudar este cenário e tornar o mundo um lugar melhor para as mulheres de hoje e de amanhã, e por isso pensamos em pequenas atitudes que podemos tomar para empoderar as mulheres à nossa volta e desenvolver relacionamentos mais empáticos com elas:

1. Se enxergar como equipe

Algumas atitudes e pensamentos estão tão enraizados na nossa sociedade, que podem acabar passando batidos, como a postura de considerar outras mulheres como uma competidora, e não aliada. Muito mais construtivo do que tentar superar outras mulheres em diferentes aspectos é olhar para elas como parte do mesmo time e se apoiar e caminhar juntas. Passamos por problemas e dificuldades parecidos, o ponto fraco de uma pode ser o forte da outra e só uma mulher pode entender tão bem outra mulher. Ou seja, se a gente se ajudar, chegamos muito mais longe!

 

2. Torcer

E se abraçarmos o time das nossas amigas, colegas, familiares e até mesmo das mulheres que estão mais distantes e torcer pelo sucesso delas? Precisamos lutar contra o ímpeto de achar que precisamos competir com elas e também contra o pensamento de que o fracasso de outras pessoas equivale ao nosso sucesso. Quanto mais mulheres conquistando coisas legais, mais evidente fica a força que temos juntas e mais exemplos temos para nos inspirar.

 

3. Se inspirar em vez de se comparar

E por falar em inspirar, outra mudança de atitude que pode fazer a diferença é usar os exemplos das conquistas das mulheres à nossa volta para nos inspirarmos nelas, em vez de nos comparar com elas. A comparação pode gerar ansiedade, desânimo e vontade de estar em um lugar que não é nosso, afinal, cada pessoa tem uma história e uma trajetória única. A inspiração, por outro lado, nos incentiva e nos impulsiona a seguir os passos das mulheres que são referenciais para nós.

 

4. Expressar a admiração

Palavras de incentivo podem mudar o dia de alguém. Podem renovar as forças de quem está desanimada, aumentar a confiança de quem está insegura e dar coragem a quem está com medo. Por isso, se a gente admira uma mulher, é importante contar isso pra ela! Quando elogiamos alguém, além de transmitir sentimentos bons, criamos uma conexão positiva com essa pessoa, que tem tudo a ver com a tal sororidade, né?

 

É buscando mudar nosso olhar e atitudes e praticando a empatia com as mulheres que cruzam o nosso caminho ou ficam na nossa vida que podemos tornar os relacionamentos femininos mais saudáveis, leves e poderosos para transformar o mundo. Vamos juntas?